Arquivos Mensais: Fevereiro 2009

Ate segunda

Será amanha finalmente depois de alguns meses de espera finalmente vou realizar uma coisa que há muito desejo para mim. Confesso que estou um pouco nervosa até, sinto assim borboletas no estômago e ainda falta tanta coisa para arranjar, tanto … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Queria ter-te aqui

A saudade é tanta que me dói aceitar cada dia isto. Ocupo os meus dias para não pensar, mas muitas vezes é inevitável, é uma avalanche de sentimentos, de lembranças, de recordações de simplesmente memórias. A dor aprofunda a cada … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Fim de semana

Oi pessoal! Bem mais um fim-de-semana passou rápido, nem deu para saborear direito. Começo por sexta dia 13 (azar). O dia não começou da melhor maneira. Queria dormir até tarde mas não deu, parece que de estar habituada a levantar-me … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Friozinho

Já sentiram aquele friozinho na barriga quando muitas vezes esta prestes a acontecer algo que vocês desejam? Pois bem eu sinto-me assim, ainda não contarei o que é, pois poucas, muito poucas pessoas sabem, e quero que isto se torne … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

inconsolable

I close the doorLike so many times, so many times beforeFelt like a scene on the cutting room floorWhen I let you walk away tonightWithout a word I try to sleep, yeahBut the clock is stuck on thoughts of you … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

mais uma que doi

Há dias que as desculpas não chegam para preencher a dor de muita coisa. Sou uma pessoa que não acredita em coincidências e as vezes prefiro nem saber nem ver as coisas a magoar-me desta maneira. Só não entendo o … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Rir só

Num sussurro oiço a tua voz que me traz tanta recordação e tanta tristeza ao mesmo tempo. Tudo volta, tudo se mostra perante mim e tenho tanto medo destes sentimentos. Há noite é pior, sinto-me engolida, ando com umas olheiras … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário