Arquivos Mensais: Setembro 2008

São momentos assim…

Olá!!!! Bem mais um fim de semana passou rápido, entre sábado o dia todo por casa, deitada a ler ou simplesmente a ver tv. Tive um dia calmo, julgo que também secante, as vezes este dia dá para aliviar a … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Manha Incerta

Traz a manha incerta Dos sonhos onde ainda dormes Traz-me no peito a tristeza De que na memoria ainda não morres   Sobe o sol o seu trajecto Ate encontrar novamente o mar Sobe assim  o meu coração Sem saber … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Memórias

São memorias que guardo de mim, de ti, de nós, dos sorrisos de alegria, das lágrimas de partida, são memorias que nem o tempo, nem o vento poderão mais apagar de mim, talvez um dia consigo perceber o porque de … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Coisas que não entendo

Queria tanto perceber tanta coisa e não consigo, queria tanto mudar tanta coisa e também não consigo. Sinto-me tão impotente…estes dias tem-me feito sempre a mesma pergunta a mesma pergunta que até agora não entendo “que se passa contigo?”. Não … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Sei que lá do céu, está alguem a olhar por mim…

Não entendo porque tantas vezes tem de ser assim e não de outra maneira, porque tenho de aguentar isto tudo tão perto de mim, desejo tanta vez ser outro alguém, um alguém que não tem sofrimento, um alguém que não … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Aulas e my love

Estive estes dias sem por aqui aparecer mas tudo isto tem um motivo. Para começar não me tem apetecido muito escrever, ando um pouco cansada e a vontade parece que me fugiu. Cheguei a pensar desistir de escrever, mas tem … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

ao por do sol

Passa o tempo, passa as horas cada vez mais rápido e no abrigo desperto que hoje é vejo aquilo que agora me falta, tanto me falta e tanto preciso, mas tudo partiu, tudo aquilo que eu amava partiu, ou simplesmente … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário