Um sorriso de Natal

Um calor no coração de um abraço sentido, um olhar perdido por aquilo que um dia se perdeu, um sorriso sincero e inocente traçado numa infância plena.

É tanto e tão pouco, é um resto de tudo o que deixamos, do pouco que acreditamos. Serão prendas? Serão alegrias? Serão bajulices, ou nada mais será que uma partilha, uma reunião, um abraço, um beijo.

Mais um ano realizamos o almoço dos mais carenciados da nossa freguesia. Pergunto se todos terão sentido o que senti, e sei que  a verdade vem ao cimo ao rever aquele sentimento tão expresso na cara de cada voluntario.

Porque não é o servir, não é o fazer, é o sentir, o agradecimento daquilo que mais precisamos no natal, é um sorriso espelhado no rosto de uma criança que mostra o quanto perdemos tanto só a pensar em nós…

Mais um Natal se aproxima, uma dor talvez, não tão sofredora, mas não menos tão funda como o ano passado, porque ela vive aqui todos os dias, escondida cá dentro para que ninguém a veja, para que ninguém saiba, nem tenha de ver o fogo que queima.

 

Serão poucas as razões para sorrir, mas ao menos ainda tenho algumas….um sorriso que perdeu o seu brilho, a sua alegria depois da perda…

 

Uma dor, mais um Natal

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s