Procurando algumas razões

Em certos momentos, olhando para trás pergunto onde errei, e rapidamente vejo, analiso cada erro que passei na vida. Não queria repeti-los de novo, mas vejo que muitas vezes eles se repetem, e doem até nunca mais acabar.

 Chegamos a um ponto que não conseguimos agir mais, tentamos andar, viver e parece que estamos sempre presos a mesma parede, sempre presos as mesmas situações. Quero renovar, revelar, quero ser eu novamente.

Recuperar muito do que perdi, não seria pedir de mais porque o mais nunca aqui existe, temos de conseguir conciliar as coisas, viver igualmente. Quando a pessoa que mais confiamos na vida nos magoa, torna-se uma dor horrível. Confias e depois ele age de maneira incorrecta.

Porque tem de ser assim? Porque simplesmente não posso confiar e pronto, porque tens de me trair desta maneira?…queria tanto saber porque.

 

Aos poucos esmoreço, és a minha vida isso é verdade, amo-te sim. Não quero, nem preciso de mais ninguém, bastas tu. Simplesmente tu para toda a vida.

Entendes isso?

 

Posso nem mostrar muitas vezes, posso viver no silencio, posso ate muitas vezes parecer distante, submissa, mas é de ti que preciso. E se tu amanha me deixares perderei o que me resta, e talvez ai morra. Porque viver sem ti, para mim é me impossível. Tu és parte de mim.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s