Arquivos Mensais: Junho 2008

Eu sou como um livro

  Eu preciso de tempo Para falar com a razão Sobre aqueles momentos De paixão E por mais que me peças Para mudar o meu viver Não desejo que esqueças O meu ser Refrão: Eu sou como um livro Que … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Sabes quem eu sou?

Sabes que eu sou? talvez não, por vezes nem eu sei ao certo quem sou, sou alguem que viajam na noite uma brisa que traz consigo um olhar há muito tempo perdido, sou alguem que acredita no amor puro, doce … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 2 Comentários

Voce é o tal….

Para ti manu, minha alma           A confiança tá fluindo,Eu gosto do que estou sentindo.O meu sorriso não disfarça,Quando se quer alguma coisa a gente abraça. Eu mergulho em queda livre,Com você crio coragem.Aceito qualquer desafio,E … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

UM TODO EM PORTUGAL

Portugal um todo, é assim que melhor se pode definir, a euforia, a alegria o contentamento que gerou mais este jogo frente há republica checa. Jogo renhido, jogo enervante, jogo que parecia uma loucura completa. Partilha do inicio ao fim … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Dia do inicio de algo…

A noite veio e com ela trouxe mais uma viragem na minha vida. Não sei ao certo que aconteceu nessa noite, mas lembro-me de cada pormenor com tal minuciosidade que mais era impossível pedir, que mais era impossível dizer. A … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário

Amor a Portugal…

O dia há-de nascer Rasgar a escuridão Fazer o sonho amanhecer Ao som da canção E então.. O amor há-de vencer E a alma libertar Mil fogos ardem sem se ver Na luz do nosso olhar Na luz do nosso … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | Publicar um comentário

Um para sempre

  Em cada sussurro da noite que surge, é a tua voz que oiço a jurar-me amor eterno. Mas como a noite acaba, também esse sussurro para, para me mostrar que o passado vem agora , vem agora assombrar algo … Continuar a ler

Publicado em Sem categoria | 1 Comentário