Unidos

Olhares, trocados, breves segundos que passam, horas transcendentes que circulam na nossa vida, como um pássaro livre e me levam a acreditar que nada mais pode me derrotar. Caminhos eternamente cruzados por breves momentos, caminhos que caminhei contigo.

Aqui esta noite perdida chamo por ti, pelo teu nome, sussurro para que o vento possa levar as minhas palavras a até e te veja onde sempre estarás. Vagueio perdida, encontrada num refugio nunca perdido, num porto que me espera sempre de braços abertos e coração em igualdade…

Tudo parece tão mágico aqui, tudo parece irreal, mas sei que é, estou a vive-lo e senti-lo estou a ver o meu anjo da guarda, o meu porto seguro, a minha identidade completa quando olho o teu sorriso e vejo as tuas lágrimas tão próximas a minha. Sufoco as lágrimas com medo do que elas venham trazer novamente. Sufoco este choro continuo da minha alma para tu não ouvires o meu coração a chorar no silencio da noite por ti.

Sinto-me como um barco perdido em alto mar, que é arrastado pela corrente da vida, que o leva ora para cá ora para lá, que me deixa a ondular sozinha na brisa da noite, e me deixa simplesmente sozinha. Eu o mar e a lua, eu ele e tu, nos 3 que fazemos a noite perfeita…

Mas o sentimento não passa, mas a ânsia de um momento que nunca chegara não irá passar nunca, pois sei que ainda ai andas a nossa procura. Dias tão intensos estes, tens sabido pelo meu coração, tanta decepção tanto rancor que quero libertar, mas é quando penso em ti que me acalmo e sei como agir, porque assim guias o meu coração. Por vezes quando falo contigo sozinha, sinto-me mais leve, mais alegre, mais livre, mas quando nos afastamos novamente a dor da perda que é imensa vem abrir esta ferida que nunca cicatrizara, que nunca parara de sangrar até me levar com ela para ao pé de ti.

Saudade esta que bate tão forte, que não me deixa trazer um sorriso sincero verdadeiro, um sorriso que nunca voltará a ser o mesmo, um sorriso que tu levas-te contigo, quando me deixas-te aqui sozinha, só, desamparada, que me deixas-te um farrapo do que eu fui realmente.

 

Para onde foste onde andas? Como estas? Onde estas? Olharas por mim mais um minuto? Cuidaras de mim para sempre? É tanta pergunta sem resposta, é tanta a incerteza da certeza que trago comigo em cada tua resposta dada…

Para onde foste? Para o céu é onde pertencem os anjos…como estas? Bem tenho a certeza, se sofresses eu sentia, se chorasses eu sentia. Olharas por mim? Todos os dias a todas as horas a todo o segundo. Cuidaras de mim para sempre? Sei que sim….

 

Para sempre

J<3

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Uma resposta a Unidos

  1. lucia diz:

    Então menina grande blog sim senhora, está muito giro. Então foi isso que andas-te a fazer ontem ha noite. aiai tudo preocupado consigo. Mas eu percebo miuda…
    é hoje pah
    estamos lá…
    beijoesss
    adoro-te

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s